SÍNDROME DO PÂNICO - tratamento e cura

Cure-se da Insônia - Visão Integral do Ser



Este texto é para você, que faz parte da grande parcela de pessoas que não dormem bem,  têm seu sono interrompido ou, quem sabe, que conhece alguém que sofre de insônia. Acordar por várias vezes, durante a noite, ficar rolando na cama de um lado para o outro, assistir televisão até amanhecer e assaltanr a geladeira... Brigar com os pensamentos e o travesseiro, sofrer no dia seguinte as consequências de uma noite mal dormida, sentir cansaço e falta de energia.



Muita gente sofre de algum distúrbio do sono. O estilo de vida atual, em parte,  despreza os cuidados essenciais com o corpo e a mente, suas necessidades, limites e a qualidade de vida. Tem pessoas que nem se dão conta do quanto estão indo na contramão de sua saúde. Quem, hoje em dia, vai dormir antes das onze horas da noite?

Há um excesso de estímulos que tiram a calmaria interior, a mente não consegue se desligar. Há também falta de contato com a natureza, de atividades físicas e alimentação natural. Tudo isto promovendo desequilíbrios no metabolismo do corpo e prejudicando da saúde mental.

Estamos vivendo em um mundo que evidencia valores e sentimentos desajustados,  espírito de competição nos relacionamentos profissionais, no dia a dia das ruas, no trânsito e nas calçadas
Muito barulho fora e dentro de nós. Poluição do ar,  visual, sonora, física, mental,, energética e espiritual.
Fatores que  desequilibram e adoecem o ser integral, constituído de energia, que flui e pulsa em seus corpos físico e sutis.

Quem consegue uma boa noite de sono, com tanta loucura?

As causas de uma noite mal dormida podem ser muitas, desde um colchão e uma dor nas costas até um desequilíbrio de ordem emocional e envolvimento espiritual. O sono é essencial para a saúde física, mental, energética, emocional e espiritual. Deixando claro que, quando cito o fator espiritual, de modo algum me refiro a contato religioso. 

Vale sempre lembrar que, somos espíritos atuando na dimensão terrena e, quer acredite ou não, sua espiritualidade está aí, mesmo que  não dê a mínima atenção a ela. Você pode considerá-la como seus momentos de silêncio interior e conexão com sua parte intuitiva, que se abstêm da lógica e é capaz de fazer a inteligência do corpo atuar sem as interferências de sua mente atrapalhada e cheia de crenças limitantes. A sabedoria que age a seu favor e de seu sono tranquilo.


Quando você adormece seu corpo físico tem a oportunidade de se refazer energeticamente e alguns processos metabólicos importantes são ativados durante este período. 

A melatonina, hormônio produzido pela glândula pineal, de importância fundamental para a saúde, é liberada durante a noite e o sono. Seu papel no organismo, entre outros, é de regulação do ciclo circadiano, ciclo sono-vigília e reprodução. Ela está envolvida em funções imunológicas, anti-inflamatórias, antitumorais e antioxidantes. Mas, é a melatonina que nos ajuda a dormir ou o sono é que produz sua liberação? 
Boa pergunta!

Se você fizer uma breve pesquisa, encontrará mais ou menos as mesmas definições sobre o tema e nada que seja conclusivo, porque os mistérios sobre a mente e o corpo ainda são territórios pouco explorados e conhecidos. Apesar dos avanços tecnológicos e científicos, há um longo caminho a percorrermos neste sentido. Algo é certo, alguns especialistas do sono estão promovendo uma campanha para reprimir a medicalização. 


As pessoas andam consumindo indiscriminadamente a melatonina, para solucionar seus problemas de insônia e também para tratar outros transtornos psicológicos. Infelizmente não percebem que esta atitude quase nunca é suficiente, porque não atua na causa. Além disto, o seu uso constante, constrange a produção natural pela pineal. 

O organismo segue seu relógio biológico e percebe o dia e a noite por meio da melatonina. A informação do claro ou escuro entra pela retina e vai para uma região do cérebro chamada hipotálamo, que controla a saciedade, o humor, bem como os sistemas cardíaco e respiratório. Essa informação é levada até a glândula pineal, que produz a melatonina e a libera na circulação. 
Todos os mamíferos contam com esse sistema de integração biológica com a Natureza.

Mas, se você disser para quem sofre de insônia, que vá para um quarto escuro, em silêncio, à noite; pode não ser o suficiente para que a melatonina seja secretada. Acontece que isto não basta! Existem outros fatores que favorecem ou prejudicam a produção do hormônio e do sono regular. 

A Medicina Tradicional Chinesa considera que a integração do corpo com a natureza deve ser respeitada para que a saúde possa prevalecer.  Na sua visão, baseada em antigos conhecimentos taoistas, a captação, assimilação e utilização de energia vital pelo corpo, conhecida por ch'i, ocorre em horários específicos. A cada duas horas, a energia predomina em determinados meridianos, que são os caminhos ou “rios” por onde ela circula. Nesta grande circulação de energia, conforme o relógio cósmico, cada órgão e víscera tem seu horário de atividade máxima. 

Por exemplo, o período de atividade do fígado é entre uma e três horas da madrugada. Significa que, neste horário, é importante que estar dormindo, para que o órgão possa se renovar energeticamente.
Se você tem o costume de beber uma taça de vinho durante o jantar, apesar do relaxamento e sono que o álcool produz, durante a noite, provavelmente, você despertará na madrugada pelo efeito nocivo do consumo para o fígado, que terá que trabalhar mais para processá-lo. 
Pergunte a quem bebe com frequência, como é sua noite de sono? Se a pessoa for sincera, relatará o episódio da madrugada em que do “nada”, ela acorda... 

E não são somente os fatores bioenergéticos que interferem no sono, mas  também as funções emocionais, mentais e espirituais.
Para a mente é o momento de se desfazer do “lixo” que acumulou e de promover a terapêutica do sono, que traz as repressões à tona e cuida do setor emocional. Para o espírito é o momento de desdobramento e experiências na dimensão sutil.

A glândula pineal  também é responsável por esta interação com as dimensões sutis e a espiritualidade.
O sono é a porta de entrada para que o espírito possa aproveitar de atividades no plano astral. Dormimos para refazer as energias e vivenciarmos nossa essência espiritual, neste retorno ao lar, todas as noites. 

As influências espirituais atuam durante o sono físico, por meio da pineal e do sistema endócrino, como um todo. As pessoas relatam experiências diferentes, algumas prazerosas e outras estranhas e ruins.

A intermediação com os espíritos pode ocorrer de modo inadequado, na mediunidade mais aflorada, no processo de obsessão espiritual  e na condição vibratória emocional e mental desequilibrada. Acordar de repente com calafrios, ter muitos pesadelos, ser assediado espiritualmente, não conseguir movimentar o corpo,são alguns dentre outros sintomas. Há relatos de pacientes com dificuldade no desdobramento e no retorno ao corpo físico, provocando medo e sensibilização exagerada com o sono e a hora de dormir.
Ir para a cama dormir deixa de ser uma prazer , torna-se uma tortura
 

A privação do sono resulta em sérias consequências, principalmente à médio e longo prazo. A insônia tem que ser tratada de forma integral e de preferência sem medicamentos, observando-se cinco aspectos: 

Físico: atividades físicas, alimentação, contato com a natureza, práticas prazerosas.
Energético: assimilação do prana por práticas respiratórias, contato com a natureza, yogaterapia e acupuntura e outras técnicas terapêuticas de manipulação energética.
Emocional: práticas de autoconhecimento, expansão da consciência, anatomia emocional e reconstrução do corpo emocional e terapia emocional.
Mental: psicoterapia  e expansão da consciência com práticas de meditação. 
Espiritual: desobsessão, limpeza e harmonização perispiritual, equilíbrio mediúnico. Não é raro encontrar casos de insônia que têm relação com problemas espirituais. 

Trato clientes com dificuldades para dormir e por meio desta integração no tratamento, os resultados são surpreendentes. 
Em um de meus atendimentos, como exemplo,  deparei-me com um cliente que não dormia à noite desde sua adolescência. Preferia dormir durante o dia. Este comportamento resultou em uma série de desequilíbrios. Constatamos que a causa estava em outras vidas  e se fortaleceu na vida atual, devido seu histórico familiar e sua condição emocional e energética.  Com algumas sessões limpamos e harmonizamos sua aura. Com a psicoterapia, fomos dissolvendo as energias estagnadas de seus corpos sutis, desfazendo couraças, impregnações e padrões repetitivos emocionais e comportamentais.

Práticas meditativas  lhe serviram como ferramenta essencial para alterar seu estado e lhe trazer melhores noites de sono e qualidade de vida. Sua saúde e seu sorriso voltaram a fazer parte de sua vida. 


Prática de Cromoterapia para combater a insônia: 

• Compre uma lâmpada de led azul e instale em uma luminária em seu quarto. 
• Antes de se deitar, acenda e deixe que a luz envolva o ambiente.
• Fique por alguns minutos sentindo e vivenciando o ambiente “azul”. 
• Feche os olhos e leve para sua visualização e para seu microcosmo interior a energia da luz azul... 

Namastê!


Orientação e Terapias consulte valores e agende por e-mail  acesse :
QUERO FAZER TRATAMENTO COM NADYA PREM

Comentários